Se fevereiro é conhecido como o mês da alegria do carnaval, junho pelas comidas deliciosas das festas caipiras e dezembro pelos presentes do Natal, com certeza, novembro já está marcado como o mês das promoções da Black Friday!

Na sexta-feira, dia 29 de novembro, o país vai ser bombardeado por ofertas de todos os lados! Essa data especial começou lá nos Estados Unidos e, nos últimos anos, vem se expandindo aqui no Brasil.

Apenas em 2018, a sexta-feira mais esperada pelos vendedores registrou um faturamento de cerca de 2,6 bilhões de reais, o que configura um crescimento de 23%, segundo a Ebit Nielsen, empresa especializada em informações sobre o comércio eletrônico brasileiro.

Com tantas lojas e marcas fazendo liquidações fora do comum, as pessoas começaram a se programar e até poupar dinheiro para ser gasto apenas na Black Friday, quando os preços caem e as ofertas aumentam. 

Por esta ser uma data que movimenta intensamente o comércio nacional e internacional, é preciso preparação intensa para encará-la. Essa sexta especial pode ser uma grande oportunidade de faturamento acima da média, mas também pode ser um tiro no pé se você não souber administrar tudo corretamente. 

E o que seria esse tudo? 

Bom, é bastante coisa, por isso eu montei um checklist completão para você usar neste e nos próximos anos!

Vamos lá!

 

Checklist para bombar na Black Friday:

Invista em presença digital.

Se as pessoas não sabem que você existe, ninguém vai querer comprar de você!

O que eu quero dizer é bem simples, as pessoas precisam conhecer o seu produto/marca/serviço antes de tomar a decisão de compra. Por isso, é importante que você construa presença digital. 

Estando presente nas redes sociais, no Google e na internet em geral, você será reconhecido e lembrado. Por exemplo: Se você vende piscinas e faz uma boa campanha nas redes, quando alguém quiser aproveitar a Black Friday para investir em uma piscina nesse calor do verão brasileiro, ela vai automaticamente pensar em você!

E aí que está o pulo do gato, se você não tiver uma promoção que satisfaça esse público, infelizmente vai acabar perdendo o cliente. Aí entra o segundo tópico da nossa lista:

Prepare uma promoção tentadora para esta data!

Meu abençoado, se todo mundo tá fazendo promoção, não quer dizer que você tem que fazer também, mas se tá todo mundo ganhando dinheiro com isso, por que você não faria?

Entende a lógica criada na dinâmica da Black Friday? As pessoas já vão te procurar com a expectativa de acharem pelo menos um descontinho. Então, se você estiver preparado para surpreender o público com um desconto bombástico, todos vão comprar de você e não do concorrente.

Ao oferecer essa promoção, você evita a frustração do público. Lembre-se: uma vez que o seu cliente é frustrado com qualquer coisa relacionada a sua empresa, ele nunca mais vai comprar de você. E ainda, vai espalhar críticas negativas para todos os conhecidos. 

Por isso, se prepare, tenha uma carta na manga para o fim de novembro. 

Que tipo de oferta fazer

Desconto em porcentagem, cross selling, up selling, brindes, frete grátis, cupons…

A lista de opções de ofertas que você pode oferecer ao seu cliente é longa, mas calma, você pode focar em apenas uma delas. 

Para escolher qual a melhor forma de oferecer uma promoção, você precisa estudar a sua trajetória e, também, da concorrência. 

Não saia por aí dando desconto de 80% em todos o seu catálogo se isso não for gerar lucro. Vender por vender, sem que haja faturamento satisfatório, é uma das armadilhas da Black Friday. 

Então, veja quais são as ofertas das marcas que vendem a mesma coisa que você, o que eles fizeram nos últimos anos, o que deu certo e o que não deu. 

Coloque a calculadora para trabalhar. Faça todas as contas certinhas para saber quais valores dar de desconto. 

Calcule a margem de lucro que você deseja e escolha os produtos que farão parte da sua promoção especial de Black Friday. Você não necessariamente precisa colocar tudo em oferta, nem dar o mesmo valor de desconto em todos os produtos. 

Desde que tudo esteja bem sinalizado, você pode fazer combinações de promoções. 

Mostre ao mundo a sua oferta

Falando em sinalização, essa parte é fundamental para bombar na Black Friday!

Invista em publicidade para mostrar ao maior número de pessoas que a sua oferta é boa e o seu produto vale a pena. 

Para isso, conte sempre com especialistas em marketing digital. Com uma equipe qualificada você terá estratégias de anúncios que vendem de verdade, além de que terá constante produção de conteúdo assertivo. 

Recapitulando, você já tem presença digital, já preparou uma promoção tentadora, já escolheu os produtos que vão estar em oferta… tudo isso e ainda não está preparado para encarar a Black Friday

Eu sei, esses tópicos acima já vão dar um trabalhão, mas é assim que funciona! Os lucros não vão cair do céu, pode confiar em mim, porque de céu eu entendo!

Continue acompanhando, ainda tem dicas imperdíveis por aqui! Vamos para a próxima:

Invista em anúncios pagos na Black Friday

Nesta data especial, é importante que você saiba utilizar de maneira estratégica o Facebook Ads e o Google Ads. Estas ferramentas são fundamentais para que as pessoas te achem mais facilmente na web.

Mais do que isso, os anúncios feitos por meio destas plataformas vão fazer com que a sua marca chegue até as pessoas certas. Também vão estar na periodicidade correta e  serem postados da maneira mais eficiente. 

Você vai precisar de todas as armas possíveis para chamar atenção neste período em que todo mundo quer se destacar. Mais do que nunca, use e abuse de ferramentas pagas que vão te levar mais longe. 

Produza conteúdos originais e atrativos 

Você pode dar 50% de desconto em todos os seus produtos. Mas, se você não oferecer isso de maneira bonita e chamativa, ninguém vai ficar com vontade de comprá-los. 

Por isso, produza artes, vídeos e textos atrativos, que seguem a mesma identidade visual e que conquistem o público. 

Uma dica legal é: crie uma identidade própria para a Black Friday e trabalhe bastante em cima dela neste período. 

Acompanhe as métricas da Black Friday

Ao aplicar todas essas dicas, as suas chances de bombar na Black Friday serão altíssimas e, se esse ano você faturar bastante, ano que vem precisa dobrar esses números. 

Para isso, analise as métricas de venda e anúncios. Anote o público que você atingiu. Quantos leads foram feitos, quantas conversões foram conquistadas, qual o montante final das suas ações. 

Todas essas informações serão cruciais na Black Friday de 2020!

Etão, além de salvar as suas métricas, salve este blog também. Com essas dicas abençoadas você pode ter lucros incríveis neste e nos próximos anos!

Boas vendas!